Os pesquisadores Sébastien Kiwonghi Bizawu, Pedro Matos e Larissa Gabriel, que integram o corpo docente da Dom Helder, visitaram a Secretaria da Cultura do Município do Bom Despacho nos dias 14 e 15 de agosto. Eles foram recebidos pelo servidor Felipe Cunha Azevedo, técnico em gestão pública, e Maria das Graças Epifânio, coordenadora da Secretaria de Igualdade Racial.

O objetivo da visita foi colher dados sobre a presença dos afrodescendentes e seu impacto econômico e cultural naquela região. “O encontro foi bastante produtivo, pois além da reunião com os funcionários da Prefeitura, os pesquisadores foram bem recebidos por dona Tatiana, uma referência na comunidade dos afrodescendentes, e tiveram a oportunidade de visitar o espaço cultural comunitário”, conta o professor Sébastien Kiwonghi.

Afrodom

O Centro de Estudos Afro Brasileiros da Dom Helder Câmara (Afrodom) é uma iniciativa que busca promover e divulgar a cultura africana e seu impacto no processo evolutivo e de democratização da sociedade brasileira. Promove a difusão das realidades culturais, econômicas, jurídicas, políticas e socioambientais do continente africano, visando o resgate das relações históricas milenárias entre o Brasil e a África.

O Afrodom também desperta o interesse para pesquisa e especialização sobre as sociedades tradicionais africanas e suas transformações na era da globalização e da democracia participativa. 

Confira as fotos: