PRINCÍPIOS DA SUSTENTABILIDADE NO PLANEJAMENTO SOCIOAMBIENTAL DO COMITÊ ECOS DE PERNAMBUCO

Leonio José Alves da Silva, Soraya Giovanetti El-Deir, Rebecca Guerra da Silva

Resumo


A sustentabilidade possui Princípios que podem ser norteadores para a gestão, tanto na esfera pública quanto privada. Quando da realização do planejamento institucional, tais princípios auxiliam para que se alcance uma eficiência socioambiental. O presente trabalho analisou a aderência do planejamento estratégico/tático socioambiental do Comitê Ecos de Pernambuco aos Princípios de Sustentabilidade definidos por Rohde (1995), buscando compreender o grau de proximidade e distanciamento entre estes. Inicialmente, foi estabelecido um domínio teórico conceitual a respeito do Planejamento, visando elevar o grau de entendimento sobre as questões relativas ao tema central desta pesquisa, mediante o levantamento dos dados secundários. Posteriormente, buscou-se compreender se os temas e os eixos deste planejamento tinham uma visão integralista ou fracionada da realidade, identificando os pontos de interação ou distanciamento entre estes com os Princípios de Sustentabilidade, mediante análise qualiquantitativa. A relação presente no planejamento estratégico/tático socioambiental do referido Comitê entre temas, eixos norteadores e os Princípios, denota a sustentabilidade das ações envolvidas. Os resultados indicam que, embora haja oscilação quanto ao grau de proximidade e distanciamento entre os elementos abordados, conclui-se que a sustentabilidade está presente no planejamento do Comitê, demonstrando que o Poder Público local está em alinhamento com as demandas do novo paradigma socioambiental.

Palavras-chave


Administração Pública; Desenvolvimento Sustentável; Eficiência socioambiental.

Texto completo:

PDF PDF (Español) PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18623/rvd.v14i30.1080