BIG DATA, MACHINE LEARNING E A PRESERVAÇÃO AMBIENTAL: INSTRUMENTOS TECNOLÓGICOS EM DEFESA DO MEIO AMBIENTE

Carlos Alberto Molinaro, Augusto Antônio Fontanive Leal

Resumo


O presente artigo tem por objetivo realizar uma análise explicativa sobre o conteúdo das novas tecnologias denominadas de Big Data e machine learning e, com isso, efetuar uma aproximação da utilização destas tecnologias como ferramentas de proteção ambiental. Para isso, a pesquisa se dividirá em dois tópicos essenciais: a) a abordagem e conceituação dos recursos tecnológicos do Big Data e das técnicas de machine learning; b) uma exposição do aprimoramento advindo da utilização do Big Data e de técnicas de machine learning para a finalidade de preservação ambiental. Por meio disso é que se poderá comprovar, a partir de exemplos factíveis, como a utilização de tecnologias como Big Data e machine learning podem influenciar e demonstrar um novo rumo para a preservação ambiental, reforçando o dever do Estado e da Sociedade na proteção e defesa da natureza. A pesquisa será qualitativa amparada pelo método hermenêutico com uso de pesquisa bibliográfica e documental.


Palavras-chave


Big Data; machine learning; preservação ambiental; meio ambiente

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18623/rvd.v15i31.1142